27 abril 2015

Todo mundo precisa de segundos

Todo mundo precisa daqueles cinco segundos de coragem pra puxar uma conversa, um abraço, um beijo. Precisa dos dez segundos de medo para não magoar quem gosta, dos quinze segundos de força para ir embora sem se magoar antes. Todo mundo precisa de vinte segundinhos para lembrar que não vale a pena se estressar se ele não ligou, se ela não disse boa noite e caiu no sono. Todo mundo precisa de vinte e cinco segundos deitados na carteira da escola depois de uma madrugada mal dormida, porém todo mundo precisa de mais de trinta segundos para entender a matéria nova. Todo mundo precisa de um amor novo, mas isso não vem com os segundos. O que vem com os segundos, talvez um pouco mais do que trinta e cinco é que amor novo, pode ser o reinventado depois de uma briga, depois de anos sem se ver, depois de não ter dado certo. Todo mundo precisa de quarenta segundos pra fechar os olhos e lembrar que com mais cinco, aconteceria um beijo, abraço e conversa, e que em mais dez segundos para formar um minuto, seja necessário lembrar que falar que ama alguém é algo que se leva a vida toda para entender, mas pode levar um minuto para falar. 

4 comentários:

Rodrigo Vitel disse...

Adorei o seu texto. Perfeito!
gostaria de seguir voce para sempre poder ver os novos post, porem nao achei a opção e se caso tiver avisa. bjs!

blogboynews.blogspot.com.br

Isadora Lustosa disse...

Ahh Rodrigo, adoro ler coisas como essas que você falou! Obrigada ahahah acho que agora já tem a opção no finalzinho do blog. Me diga se achou, ok? beijoss, ilustosa.

CZ disse...

Por cinco segundos eu quis te odiar por esse texto que é como um golpe de luvas, mas tô com saudade.

Isadora Lustosa disse...

É até pecado uma amiga dessas morar longe... Você podia aparecer aqui em segundos! ahaha saudade Zett, saudade.